O Município de Guimarães participou no encontro transnacional do projeto URBACT Cites 4CSR, cujo arranque da segunda fase teve lugar nos passados dias 25 e 26 de junho por videoconferência.

Os projetos URBACT têm como objetivo a promoção de modelos de desenvolvimento urbano sustentável, contribuindo para a estratégia global da EU 2020. Este Programa Operacional URBACT visa constituir redes de cidades que promovam a partilha de conhecimento e de experiências que respondam às atuais necessidades, problemas e desafios das áreas urbanas.

Ao integrar neste programa, o Município de Guimarães está a desenvolver uma plataforma digital que permite estabelecer relações de oferta e procura de ações de responsabilidade social. Esta plataforma vai funcionar como uma infraestrutura colaborativa, articulando empresas e organizações de solidariedade social, cultural e desportivas.

Esta iniciativa é especialmente interessante e necessária no atual contexto de crise sanitária económica, consequência da pandemia de Covid-19.

Numa primeira fase, o projeto será aberto a empresas Guimarães Marca e instituições que integram o Conselho Local de Ação Social. Mais tarde, será então estendido a todas as empresas e IPSS, associações e outras entidades sem fins lucrativos vimaranenses.

Guimarães é a única cidade portuguesa que integra o projeto, juntando-se às cidades europeias de Milão (Itália), Nantes (França), Bratislava (Eslováquia), Sofia (Bulgária), Budaors (Hungria), Molina de Segura (Espanha), Bratsa (Bulgária), Kekava (Letónia) e Rijeka (Croácia).